Como as democracias morrem

Para quem consegue enxergar um padrão global - e assustador - nos assuntos relacionados à política e a democracia nos últimos anos, o livro How Democracies Die: What History Reveals About Our Future, de Steven Levitsky e Daniel Ziblatt, é esclarecedor. Os autores, ambos cientistas políticos e professores em Harvard, são certeiros em nos apresentar o óbvio: Existem falhas estruturais na democracia. O ponto mais crítico - e que mais me impactou - foi o fato apontado de que governos antidemocráticos tomaram o poder por meio da democracia....

Homo Deus: Uma breve história do amanhã

Ler o Homo Deus foi uma ótima experiência. Tanto este livro como o Sapiens devem estar na sua lista de livros para ler o quanto antes. Yuval Harari é um escritor incrível. Na maioria das vezes, fiquei intrigado, nunca entediado. Alguns parágrafos e capítulos foram muito esclarecedores (pelo menos para mim). Como tecnólogo, estudando os efeitos da tecnologia na sociedade, achei o Homo Deus de Yuval muito útil. Quando comecei a ler este livro, logo após Sapiens, fiquei realmente curioso: o que Yuval diria sobre o futuro, pois há muita confusão, ficção e crença hoje em dia (por exemplo, Singularidade, I....

O GitHub quer preservar o legado open source por 1000 anos!

Mais um vídeo para o canal da BrazilJS.
O GitHub quer preservar o legado open source por 1000 anos! 😮

O movimento open source mudou a indústria do desenvolvimento de software.
Nas últimas décadas criamos soluções incríveis.
Mas como podemos garantir que todo esse esforço e revolução não seja perdido em casos extremos, como catástrofes, ou até mesmo o esquecimento do que foi feito na história ao longo dos anos?
O GitHub tem um plano bem megalomaníaco para isso.

Devemos mudar o nome do JavaScript?

Mais um vídeo para o canal da BrazilJS.
Mocha, LiveScript, #JavaScript, #JS, JScript, ActionScript, #ECMAScript, ES5, ES6, ES2019, #ES2020, ES8.
É uma sopa de letrinhas. Será que devemos mudar o nome do JavaScript?
Neste vídeo, abordo o tema que foi discutido em um artigo e em um episódio de podcast.
Além de falar um pouco sobre a história do JavaScript, também trago os argumentos tanto para renomear o JavaScript quanto para deixar como está.

WebAssembly é vírus?

Mais um vídeo para o canal da BrazilJS.
Eita! WebAssembly é vírus? 🤔
Claro que não!
O que acontece é que, como com quase toda tecnologia, vulnerabilidades são sempre exploradas.
Com o WebAssembly não é diferente.
Em sua versão 1.0 estável e disponível nos principais navegadores de mercado (Chrome, Firefox, Safari e Edge) o WebAssembly já pode ser considerado um pilar das tecnologias Web.
Um estudo publicado em junho de 2019 revelou que nos top 1 milhão de sites, um em cada 600 sites usam WebAssembly.
Destes sites usando WebAssembly, 50 % o utilizavam de maneira maliciosa, explorando alguma vulnerabilidade, cryptomining e malwares.

Palestra FIC 2019

No último dia 29 de outubro dei uma palestra no FIC 2019. O FIC, que é organizado pela ABRADI, já é um evento tradicional na cidade de Porto Alegre. O tema do FIC19 – Nova Ordem Digital – tem origem em pessoas que ao se envolverem com a concepção e curadoria do festival nos últimos anos, observaram a necessidade de unir conteúdos já abordados, tornando o evento mais interdisciplinar e transversal....

Cadastro base do cidadão: O Estado também quer fazer parte da farra dos dados

Parece que o Estado/governo está sempre atrás em tudo, falando de Brasil então, o caso é ainda pior, por vezes trágico e por vezes cômico. Por mais de uma década o Vale do Silício popularizou - e tornou padrão - o uso desenfreado, sem escrúpulos, sem culpa e sem vergonha (me faltam adjetivos) de dados de usuários da internet, os internautas (alô presidenta). Em mais um decreto feito na calada da noite, o (des)governo atual chega pegando de surpresa os desavisados, mas também supreeende ativistas, pensadores e jornalistas que estudam o assunto....

Discurso de abertura na BrazilJS Conf 2019

Em agosto de 2019 aconteceu a 9ª edição da BrazilJS Conf, evento da qual sou um dos fundadores. Aprendemos muito nessa jornada de quase uma década. Ano após ano aprendemos e implementamos mudanças no evento. Vivemos em tempos assustadores e eu não pude deixar de dialogar com todos presentes no evento de maneira transparente e sincera. Algumas pessoas me questionaram sobre o discurso, perguntando se eu não estaria afastando pessoas que não concordam com o posicionamento da BrazilJS....

Qual foi minha primeira linguagem de programação?

Fiz um vlog para o canal da BrazilJS sobre como aprendi a programar e qual foi sua primeira linguagem de programação.
Também abordo quais foram minhas estratégias para aprender a programar e como o JavaScript ajudou neste processo.

Como migrei 10 anos de tweets para o meu blog

Há pouco mais de um ano relatei aqui no blog o meu social detox/rehab. Em resumo, deixei de usar redes sociais (ainda vou escrever sobre os benefícios de estar fora das redes). O Twitter sempre foi a rede onde eu fui mais ativo, tanto que em 10 anos criei mais de 10.000 tweets. Um dos principais motivos para a minha saída das redes sociais está muito mais ligado ao consumo, ou seja, rolar as timelines....